A crise dos quase 20

quinta-feira, janeiro 30, 2014

  Estou as vésperas do meu 20° aniversario, e por incrível que pareça estou sem reação nenhuma, eu sei que se inicia uma nova fase da minha vida, que aniversários são bons e tudo o que vem junto com ele, mas só de pensar nas coisas que falam sobre o tal "20 anos" me da um treco.

  Ouço desde pequena que as garotas passam por fases em suas vidas, aos 6 anos deixa-se de vez de ser um bebe e já é considerada mocinha, aos 15 deixa-se de lado a criancice e torna-se uma moça que caminha a vida adulta, e aos 20 acabou a moleza, você já é adulta e está fora de cogitação correr para os braços da mamãe toda vez que algo de ruim te acontece. Desde muito cedo supõe-se que com essa idade já se é madura o suficiente para muita coisa, mas será mesmo que estou pronta pra uma vida adulta ?
 Eu sei, eu já sou bem grandinha pra pensar assim, afinal já tenho 19 anos, e não sou uma garotinha, mas me assusta isso de chegar aos 20 anos, sempre me assustou a ideia de ser adulta e todas as responsabilidades que vem junto, embora eu tenha encarado elas muito bem creio eu.
 As vezes penso que a o que me assusta mesmo é o numero 2 ali, não será mais o 1 na frente, (a não ser que eu chegue aos 100 anos mas isso é outra historia k), a partir de agora é 2.0, 3.0, 4.0 e assim sucessivamente, e se for parar pra pensar foi tudo muito rápido. 
 Não vou ser injusta e falar que não tive uma infância bem vivida, muito pelo contrario, fui criança quando tive que ser, fui adolescente quando chegou a hora e agora eu to saindo de vez disso e indo pra vida adulta, tudo passou rápido e só me deixou a saudade. Pode parecer clichê e de certo modo é mesmo, mas era muito mais fácil quando a unica preocupação era acordar cedo para ir ver desenho na sala, e quando sentia medo ir para cama dos meus pais era a solução. Já hoje, as preocupações são outras e os medos são bem maiores, a diferença é que agora cabê a mim enfrenta-los e não me esconder.
  Agora olhando para trás, chego a conclusão que passei por todas essas fases no momento que tinha que ser, muita coisa mudou, o que eu gostava a uns anos atrás, hoje já não é tão interessante, minhas prioridades mudaram, meu modo de ver o mundo e as pessoas também. Tudo que já me aconteceu foi necessário para o meu crescimento como pessoa, agora vejo, que as dores passam sim, as decepções também, junto com as pessoas.
  Acredito que aos 20 se chega a conclusão de que tudo que você passou serviu de aprendizado para alguma coisa, seja algo ruim ou algo bom, aprende-se de vez que uma decepção não é o fim do mundo, que se você não cumprir com o que promete as pessoas te julgam, que você pode sim correr para o braço dos seus pais quando estiver mal, desde que não faça disso um habito.
  Afinal crescer é isso, deixar de lado algumas coisas e se permitir que outras permaneçam, não se pode crescer de um dia para noite, é necessário passar por todas essas fases para se tornar uma mulher adulta.. Talvez a crise dos quase 20 não seja mesmo uma crise, e sim um questionamento do resumo de tudo que eu vivi.

You Might Also Like

0 comentários