Recuerdos..

terça-feira, março 25, 2014

     Olá, depois de mil anos olha eu aqui de novo, eu sei que sempre prometo que vou voltar em breve, que vou fazer de tudo pra estar mais presente, entretanto, porem, contudo todavia, eu sempre acabo descumprindo isso, e não é por mal, JURO, é que estou dando uma atenção especial aos estudos esses dias rs, mas vou dar um jeito de comparecer mais, mesmo porque amo escrever, sem contar que isso me faz bem, mas vamos ao assunto do post de hoje, que é RECORDAÇÕES.
    Essa semana estava arrumando o quarto e achei zilhões de fotos com alguns amigos, e não contente com as recordações que essas fotos me trouxeram eu fui futricar o facebook deles, e o resultado foi: a saudade só apertou e veio aquele momento reflexão.

     O motivo dessas recordações terem mexido comigo de alguma forma é único e exclusivo "não sou uma boa amiga", mas não to falando que isso seja algum ruim, bom, quando se lê assim de cara se tem essa impressão, mas não é isso, na verdade eu sou uma amiga muito da ausente e eu sei que isso é uma coisa feia de se assumir, mas é um fato e precisa ser dito.
   Não me orgulho de ser uma amiga ausente, mas se tornou inevitável com o tempo, antes, eu era ausente porque sempre fui relaxada quando o assunto é "correr atras das pessoas", e não acredito que isso fazia de mim uma pessoa ruim, ou uma péssima amiga, é que na minha cabeça não conseguia achar legal ser grudado demais com ninguém, sendo assim não grudava nas pessoas, (desde pequena sempre levei ao pé da letra o ditado "não façais aos outros o que não quereis que façam a você, talvez seja por isso que eu era assim) essa é a verdade.
    Porem, hoje a situação é outra, eu tenho saudades deles e não tenho o o bendito do tempo que gostaria de ter para estar com eles, não que eu queira estar grudada a todo instante mas faz falta os dias em que reclamávamos do quanto a aula estava chata ou o quanto queríamos que o final de semana chegasse para podermos ir ao Parque do Ibirapuera, mesmo porque alguns dos meus amigos tem fissura por esse lugar sabe-se Deus porque kk.
    Eu sei que essa ausência se deve a essa vida de adulto pela qual ainda estou me adaptando, sei também que isso pode ou não ser só uma fase pela qual está fazendo com que eu sinta mais saudades deles do que o normal, e sei que pode ser que eu tenha pensado em tudo isso por causa das recordações que essas fotos me trouxeram, porem, a saudade permanece aqui k.
   Sei também que ficar parada sem correr atrás do tempo perdido não vai resolver de nada, e que devo mesmo assumir que sinto falta de verdade de tudo que foi vivido com eles, então acredito que o motivo principal de escrever esse texto foi mostrar aos meus amigos que mesmo sendo assim relaxada e que não demonstre, eu sinto mesmo falta de todos os momentos que me proporcionaram e que pretendo arranjar um modo de vê-los o mais breve possível, pois essa vida de adulto está muito estranha sem eles aqui.


You Might Also Like

3 comentários

  1. Texto grande heiin rsrs, gostei do seu blog!

    http://tifanylais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! eu me empolgo quando o assunto é escrever kkk, vou visita-lo <3

    ResponderExcluir